Sábado, 13 de Outubro de 2007

Doadores Medula Óssea

Preciso de fazer um transplante de medula e ainda não encontrei ninguém compatível. Solicito a vossa ajuda.

Quantas vezes perguntámos a alguém – "Posso ajudar?"

Felizmente a maioria das respostas é – "Não obrigado"

A verdade é que podemos sempre ajudar alguém mesmo que nunca o tenhamos visto, que não saibamos o seu nome, idade, raça, ou religião.
Desde que nascemos, que somos portadores de um código genético muito próprio, único.

O que podemos vir a descobrir, um dia, é que esse nosso código, é muito semelhante ao de alguém, que pode estar na porta ao lado, ou no outro lado do Mundo. Esse alguém pode estar a precisar de nós! A vida dele pode depender da nossa generosidade! De uma forma indolor e despendendo muito pouco tempo, dar vida a alguém que dela necessita!

 

Muitas pessoas associam o ser dador de medula a processos complicados e dolorosos de extracção de medula, o que não é verdade. Existe um processo de colheita semelhante à diálise, onde o sangue sai de um braço, circula através de um aparelho chamado de separador celular, que remove apenas as células necessárias para o transplante, as células progenitoras, e regressa ao outro braço. Simples e indolor.

 

Apenas 25% dos doentes têm um dador familiar compatível, portanto qualquer um de NÓS pode responder aos 75% de hipóteses de cura de um doente .... se alguma vez perguntou onde posso fazer a diferença neste mundo? ...... esta é uma excelente forma!

Temos por hábito deixar todas as nossas grandes decisões para amanhã
..... o que peço é que não o façam, porque:

            1º) amanhã pode ser tarde demais para alguém ....

            2º) amanhã fica sempre para amanhã, que por sua vez fica para amanhã ....

Até que pode ser tarde demais para alguém ... ou mesmo para mim.

Como se desenrola o processo:

Vai ao CEDACE (Centro Nacional de Dadores de Células de Medula Óssea, Estaminais ou de Sangue do Cordão), situado no Hospital Pulido Valente, inscreve-se como dador e recolhem-lhe uma pequena amostra de sangue. Se for compatível com alguém que necessita de si, é como dar sangue .... indolor e salva vidas!

Existem outros locais de recolha, possivelmente mais próximos, com os quais o CEDACE tem protocolos. Escolha o que mais lhe convier.

Desde já agradeço toda a vossa generosidade, mesmo que não venha a ser a beneficiada.

Ana Isabel Batista Guerra Veloso

categorias:
publicado por gjlumiar às 06:09

link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De Anónimo a 24 de Outubro de 2007 às 18:53
Estava por aqui a "passear" e dei pelo seu blog...
Hoje sinto-me diferente... Mais leve, pois fui esta manha mais a minha irma ao centro de histocompatibilidade =D se tudo correr bem estarei lá no meio da lista mais a minha irma....
a vontade de ser chamada e chegar ao fim do processo é enorme...
coicidencia... Mas foi engraçado, hoje que esta um dia de chuva, quando a minha irma acaba de dar o sangue para as analises fez sol... =D
Desejo-lhe a maior sorte do mundo mesmo!!
Um beijinho e um abraço com mt mt mt FORÇA!!!
De Carlos Cecílio a 16 de Agosto de 2008 às 22:59
Olá eu tenho estado a pesquisar informação sobre doadores de medula , pois em 2006 recebi um email de alguém que precisava de um transplante, o que me sensibilizou bastante. Informei-me e tomei conhecimento que bastava doar uma pequena quantidade de sangue e preencher um questionário no Centro de Histocompactibilidade da Região Norte, situado nas traseiras do Hospital de São João no Porto, p/ passar a pertencer à base de dados de Doadores de Medula Óssea. À qual passei a pertencer a partir da referida data (2006). Agora 2 anos depois fui contactado pelo referido centro p/ saber se estaria disposto a doar medula , pois sou compatível com "alguém" doente. No que depender de mim essa pessoa tem a cura assegurada, pois pretendo levar o processo até ao fim e fazer a doação. Tenho consulta marcada com o psicólogo do C. H. R. N., e recolha e sangue p/ contra-análise. E na minha pesquisa encontrei este blog bastante interessante, a onde é possível dar o próprio testemunho, opinião e onde se pode encontrar informação sobre a matéria.
Talvez volte aqui depois p/ contar + pormenores desta minha experiência. Quantos de nós já se interrogaram "Para que existo eu?" ou "Para que vim eu ao mundo?"
Eu começo a ter resposta a estas questões que tantas vezes coloquei a mim mesmo!
Uma delas é a possibilidade de poder salvar a vida de alguém com um simples -"SIM"! Um abraço de solidariedade e esperança a todos os que dele necessitarem. Até sempre!
De Mónica a 7 de Setembro de 2008 às 19:38
Olá ao mundo....
Vim à procura de informações/locais onde pudesse ficar registada no banco de dadores de medula...mas encontro sempre a morada de Lisboa....acho q deviam por todas as moradas existentes em Portugal, para que as pessoas interessadas saibam de imediato como está perto dar este passo importante... Eu vou ligar para o hospital São João, no Porto, e descobrir como e onde o puderei fazer.
Um longo e forte abraço para todos.
De SProl a 11 de Outubro de 2008 às 14:16
Vim hoje à net à procura de uma possível lista de doadores de medula óssea para tentar verificar se o meu nome se encontrava na mesma, visto que em Agosto, na faculdade de Medicina de Coimbra foi feita uma campanha de recolha na qual participei. Deparei-me com este blog e queria apenas deixar o meu pensamento positivo... no que depender de mim, visto que já dei o primeiro passo, certamente encontrará um doador compatível. Toda a sorte do mundo é o que lhe desejo!
De Monika a 21 de Dezembro de 2008 às 01:54
Olá! Já tinha pensado muitas vezes em tornar-me dadora de sangue e tambem de medula óssea mas não sabia onde me dirigir. Há uns dias fui com um familiar meu ao IPO (Instituto Português de Oncologia) e como soube que estavam a precisar pela primeira vez na vida doei sangue. O próximo passo é inscrever-me no CEDACE como dadora de medula óssea. Acho que devemos todos ajudar quem precisa, não doi e podemos salvar uma vida. Hoje precisas tu amanhã posso ser eu...
De Alfredo Jose Santos a 23 de Novembro de 2009 às 21:00
Ola caros amigos e amigas
Sou dador de medula ossea,fui chamado em outubro para fazer analises em Mafra para saber se era mesmo compativel com um doente tenho 29 anos e dou sangue desde o dia em que fiz 18.
sinto-me um Homem feliz por talvez poder salvar a VIDA de alguem.
HOJE PELOS OUTROS MESMO DESCONHECIDOS QUE SEJAM AMANHA POR NÓS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
De Cécile Rodrigues a 16 de Setembro de 2013 às 20:38
Estou a preparar um artigo sobre leucemia para uma revista de saúde. Procuro testemunhos de dadores de medula óssea que salvaram vidas. Se estiver interessado/a em participar numa pequena entrevista, contacte-me por mail
cecile.rodrigues@gmail.com
Obrigada e até breve!
De VALERIA BEZERRA DE LIMA a 29 de Abril de 2012 às 04:09
SOU DOADORA DE MEDULA OSSIA E ESTOU DISPONIVEL PARA DOAR A QUALQUER MOMENTO
De Celia tavares a 15 de Maio de 2012 às 15:51
Ha anos que andava para ser doadora de medula ossea, mas uma vez que nao resido em Portugal, era dificil encontrar um sitio onde o fazer. Mas sempre que ia a portugal ia-me esquecendo de o fazer, entao este ano em Fevereiro decidi perder 10 minutos do meu tempo de ferias e ir increver-me como doadora de medula ossea. Espero do fundo do coraçao se compativel com alguem e poder ajudar quem tanto precisa.

Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Junho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Estamos no FACEBOOK

Noite de oração | 14 mar ...

Retiro de Quaresma 2009

56º dia Mundial dos Lepro...

Actividades Lumiar Janeir...

Vigília Ecuménica Jovem

Oração de Ano Novo

Projecto de luta contra a...

Recolha de roupa interior...

Retiro de Advento

arquivos

Junho 2012

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

categorias

aborto

actividades

diocese

gjlumiar

humor

música

notícias

oração

paróquia

reflexões

sociedade

solidariedade

vídeos

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds